segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Segredo de guerra

Como vencer as tentações? Preocupação importante de quem tem compromisso com Deus. As tentações são armadilhas espirituais de Satanás para derrubar os filhos de Deus. Seu interesse é que, como cristãos, tropecemos e interrompamos a comunhão com Deus, assim como a quebra de comunhão de Adão e Eva com  Deus, que vinha visitá-los diariamente pela virada do dia. Que maravilha receber a visita do Senhor todas os dias à tarde, ter um encontro marcado com Ele. Sim, isso é possível, isso é comunhão, ouvir a voz do Senhor, receber suas orientações, ser preenchido pelo Seu imenso Amor, mas é preciso resistir às tentações. 








Temos na bíblia a história de um homem que soube vencer a tentação. José, foi um homem de Deus que passou por terrível tentação. Era filho de Jacó e Raquel e de forma aterradora José foi parar no Egito, longe de sua família, pois fora vendido como escravo a um grupo de ismaelitas pelos próprios irmãos, que tinham inveja dele por causa da afetividade, da comunhão entre ele e seu pai Jacó. 


Mais tarde, foi comprado por Potifar, um egipcio importante, oficial do rei. José teria todas as razões do mundo para ser revoltado com Deus. Longe da familia, fora vendido duas vezes como uma mercadoria e ainda teve que assumir responsabilidades de peso diante de Potifar. Todavia, José se mantinha fiel ao Senhor.


A esposa de Potifar era bonita e, pelo jeito, gostava de provocar José, insinuando-se a ele. José era bonito e jovial e por isso ela se interessou por ele. Tentação como assédio sexual.


"Filho meu, atende à minha sabedoria; à minha inteligência inclina o teu ouvido;
Para que guardes os meus conselhos e os teus lábios observem o conhecimento.
Porque os lábios da mulher estranha destilam favos de mel, e o seu paladar é mais suave do que o azeite.
Mas o seu fim é amargoso como o absinto, agudo como a espada de dois gumes.
Os seus pés descem para a morte; os seus passos estão impregnados do inferno.
Para que não ponderes os caminhos da vida, as suas andanças são errantes: jamais os conhecerás.
Agora, pois, filhos, dai-me ouvidos, e não vos desvieis das palavras da minha boca.
Longe dela seja o teu caminho, e não te chegues à porta da sua casa;
Para que não dês a outrem a tua honra, e não entregues a cruéis os teus anos de vida;
Para que não farte a estranhos o teu esforço, e todo o fruto do teu trabalho vá parar em casa alheia;
E no fim venhas a gemer, no consumir-se da tua carne e do teu corpo". Provérbios 5:1-11





Mas, isso seria pecado contra Deus, além de representar quebra de confiança. Então,  José resistiu.


"...ele se recusava a deitar com ela e evitava ficar perto dela" (Gen 39.10).


Como fez isto? Orou para a tentação ir embora? Cantou um hino para ocupar sua mente? Não! Primeiro, recusou-se a deitar com ela. Isto é "decisão". Depois José evitava ficar perto dela. Isto é "ação".


Estas atitudes levaram José vencer a tentação e ser vitorioso na vida. Assim, nós também, podemos vencer a tentação, pronunciando a palavra chave "Não". A Outra atitude é evitar o local onde a tentação se materializa. Evite desafiar a si mesmo, frequentando os locais, onde o perigo é maior.


Hoje Cristo nos oferece Sua Força para nos ajudar a vencer. A vitória conquistada a cada dia nos fortalecerá na fé. 


As guerras são vencidas ganhando-se um combate de cada vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIBERDADE - FORÇA E VISÃO

Voar como Águia Todos queremos ser livres, mas como podemos conseguir a tão sonhada liberdade neste mundo cheio de barreiras, dificu...