terça-feira, 28 de julho de 2015

Casamento - Parte 1



À união entre um homem e uma mulher pela lei dos homens e pela lei de Deus, chamamos de casamento e há uma grande diferença entre os dois. Do ponto de vista social é o casamento civil que tem validade, ele rege tudo aquilo que diz respeito a este mundo, às coisas materiais e herança material para os descendentes. Mas no que se refere ao casamento religioso, aí ... já é bem mais sério, porque envolve o espiritual dos cônjuges. E é engraçado como a maioria das pessoas pensam justamente ao contrário.

Há um ditado popular que diz que "divorciar é bem mais difícil e caro do que casar" e muitos outros ditados populares com relação casamento-divórcio-separação. E, o pior, é que isso é uma grande verdade, mas ... se as pessoas soubessem o que envolve um casamento, aprendessem como é a ligação espiritual entre um homem e uma mulher que se casam e o que acontece após o divórcio, pensariam muito bem antes de desfazer seu casamento e ... pensariam mais ainda antes de se casarem. 

Vejamos o que a Bíblia nos diz logo nos seu comecinho, quando Deus criou o homem e a mulher.

Criou Deus o homem à sua imagem,
à imagem de Deus o criou;
homem e mulher os criou. 
Genesis 1.27

Observe bem o que diz esse versículo bíblico, leia palavra por palavra pausadamente ... se você conseguiu prestar atenção nessa observação "à sua imagem" que vem até com uma retórica "à imagem de Deus" uma dupla afirmação ... então você pode captar a importância, a dimensão espiritual que envolve dois seres que foram criados à imagem e semelhança de Deus. Essa afirmação será grande ou pequena, dependendo do que é Deus para você. Para mim esses dois seres são tão grandiosos, tão cheios de poder, tão maravilhosos como é Deus, o Criador.

E sendo assim, quando essas duas criaturas "homem e mulher" se unem é uma explosão de força e poder que entra em ação. Sozinhos eles são poderosos, mas unidos eles são invencíveis e mais que isso inquebrantáveis. A força espiritual que une um casal não é quebrada ou desfeita com a simples separação de corpos e de bens. O divórcio só consegue abranger as coisas da terra, ele não abrange as coisas do espírito. 

Por isso, quando um casal se divorcia, ele leva consigo a carga espiritual, boa ou má, que tinham individualmente e também a que construíram juntos, não dá para simplesmente se desfazer disso.

O casamento religioso é tão importante que ao se casar na igreja, independente, de religião, se foi uma autoridade religiosa devidamente constituída que celebrou o casamento, você não poderá se casar novamente no religioso, mesmo que você tenha se casado na igreja evangélica e depois queira se casar na igreja católica, não pode, ou o contrário, também não pode. O casamento religioso é único, a menos que haja a morte de um dos cônjuges, aí sim, o outro poderá casar na igreja novamente. E por quê isso? Veremos nas próximas postagens.

Por isso que a Bíblia diz: "... o que Deus uniu não o separe o homem." O texto de Mateus 19.3 explica muito bem isso e temos também o mesmo assunto tratado em Marcos 10.2 e Lucas 16.18. Então perceba que quando diz "não o separe o homem" quer dizer que nada desta terra pode separar o que Deus uniu. E como eu sei que essa união foi feita por Deus, e se o casamento foi feito por interesse, sem amor? Isso nós também estaremos falando nas próximas postagens. 

Esse é um assunto que requer mais tempo para tratar e estudar à luz do Palavra de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LIBERDADE - FORÇA E VISÃO

Voar como Águia Todos queremos ser livres, mas como podemos conseguir a tão sonhada liberdade neste mundo cheio de barreiras, dificu...